quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Preconceito asiático?



Eu já bati nessa tecla inúmeras vezes no "mundo real", mas nunca falei sobre isso no virtual. Preconceito contra cultura asiática é uma coisa que não se pode negar aqui no Brasil. Eu já vi, você já viu - e muitas vezes, consciente ou inconscientemente, já cometeu. Por mais que as pessoas neguem, é uma coisa que tá na cara; os brasileiros muitas vezes preferem coisas que vem da grande super potência, chamada Estados Unidos, do que coisas que vem do próprio país. E isso não é nenhuma novidade para nenhum de nós.
Quem aprecia doramas, animês, k-pop/rock, j-pop/rock, mangás, filmes sabe que não é só os próprios asiáticos que sofrem preconceito, mas quem gosta também sofre pelo simples fato de só gostar. Todavia o que mais me admira não é o preconceito em si, porém a razão pela qual ele acontece, ou seja, nenhuma. Até onde os meus conhecimentos me levam, asiáticos são pessoas como nós, só que com olhos puxados, mais horário escolar e uma cultura rica em mitos e tradições.
Ontem mesmo, uma pessoa da minha família - meu pai - baixou um filme de guerra de origem sul coreana, chamado 684 Unidade de Combate (Silmido, no original). Ele assistiu cerca de dez miseros minutos do filme e disse que era ruim. Ok, tenho que concordar que a dublagem não ajudava muito, porque depois que passei a assistir doramas e filmes legendados criei uma certa repulsa por dublagem naturalmente, mas, ainda assim, não acho que dizer que o filme era ridiculamente horrível é uma conclusão certa, já que ele assistiu apenas DEZ MINUTOS!
Aí essa é a parte em que eu pergunto: SERÁ QUE JÁ NÃO ESTÁ NA HORA DE TODOS ACORDAREM E PERCEBEREM QUE NÃO ADIANTA TER ESSE CONCEITO PRÉ-PRONTO? Às vezes, os ocidentais não entendem porquê asiáticos tem preconceito com estrangeiros em seus países, mas a resposta é bem simples: Ocidentais também tem preconceito!
Tem tanta coisa que foi inventada lá e veio pra cá e ninguém tá sabendo. Tem até filmes que eu aposto que você já viu a versão americana e nem sabe que a versão original é asiática. Exemplos bem clássicos são Uma chamada perdida e O chamado. Eu sei que você provavelmente assistiu a esses filmes pensando que foi a super potência mundial que fez e eu pergunto: E se os remakes não existissem? Você não iria assistir ao original por pensar que é ruim? Olha, eu já assisti há vários filmes e asiáticos e posso afirmar que, em termos de efeitos especiais, eles não são lá aquelas coisas - dependendo do filme podem chegar a ser péssimo, o que é uma coisa que eu não entendo, já que eles tem muito mais avanços tecnológicos que nós -, mas, em termos de desenvolveimento do enredo, eles dão um banho, meus queridos!
Para finalizar deixo uma frase de Fernando Anitelli, d'O Teatro Mágico e espero que repensem os seus conceitos:

Por que a gente é desse jeito, criando conceito pra tudo que restou?

3 comentários:

  1. Apoiado! São filmes muito bem feitos. Mas acredito que filmes japoneses tem repercussão e aceite do público melhor do que qualquer outro asiático.
    Porque eles tbm tem aquele pré-conceito de que japonês é fodão e o resto é resto.

    ResponderExcluir
  2. E eu já penso diferente. Sinceramente, não gosto muito de japonês atuando, prefiro os coreanos. Acho que eles fazem a coisa fluir melhor ;D

    ResponderExcluir