sábado, 25 de fevereiro de 2012

Filme: Heaven's Postman


Sinopse: Uma garota conhece um cara que se diz Carteiro do Céu.

Antes de começar expor minha opinião sobre este filme, quero que fique bem claro: EU NÃO ASSISTI ESSE FILME POR CAUSA DO KIM! Na verdade, eu nem gosto de DBSK, gosto do JYJ, mas odeio DBSK e espero que fãs assassinas e stalkers não leiam isso ou não me matem, que já está de bom tamanho! E pra começar quero dizer que amei o filme em todos os sentidos.


Hana é uma menina fofa, bonita e meio fissurada em coisinhas em forma de cereja. Perdeu o namorado há algum tempo, só que o que a bonitinha não sabia é que era a outra. Sim, o cara era praticamente casado, tinha um filho e estava pegando ela na moita! Como assim, produção? Coréia tá batendo nessa tecla do adultério, hein? Voltando, ela conheceu o anjo-fantasma quando foi deixar mais uma de suas cartas terroristas na caixinha do correio do céu e ele estava recolhendo as cartas. O próprio oferece o trabalho de ajudante e ela, primeiro, recusa e, depois, aceita. Gostei dela. Hana era uma fofa na medida certa, se eu me irritei com ela, não me lembro, sério. Sem falar que adorei os adereços de cerejinha dela.


JaeJoong... aiai, JaeJoong... só porque eu disse que não gosto de DBSK não significa que não ache o JaeJoong um cheiro, um pãozinho doce que acabou de sair do forno. Agora alguém, por favor, me explica por que raios o personagem tem o mesmo nome que o ator/cantor/dançarino? Não entendi qual a dinâmica disso. Quer saber? Não quero saber também! Estava lindo de qualquer jeito, aquela vozinha de neném misturado com a carinha de choro eterna me conquistaram até o fim. Ele era fofo, encantava, era um florzinho de menino. E acho que não poderiam ter feito escolha melhor para o papel de Carteiro do Céu, caiu como uma luva.


O elenco era basicamente eles, já que liam e entregavam as cartas do céu, não tinha muita gente pra pôr, ou seja, produção economizou no elenco de apoio. As coisas que mais marcaram nesse filme foram: os cenários lindos e simples, figurinos bem adequados - e bonitos, claro - e personagens sem muita frescura. Adorei a maneira como eles interagiam entre si e com as pessoas que iam surgindo na história.


O que mais gostei foi a temática simples. Não teve muitas viagens que caem em lugares comuns, como "ele é um anjo, então, tem que voar, tem que ter algum poder...". Era tudo muito simples. Hana conhecia JaeJoong, que se dizia Carteiro do Céu, os dois se apaixonavam devido a convivência e, como sempre, existia um daqueles obstáculos "Céu e Terra", sabe? Só o que não entendi muito bem no final foi a parte em que ambos se encontram depois de JaeJoong voltar a ser humano. Tipo, tudo não passou de um sonho que ambos tiveram ou aconteceu mesmo e eles achavam que era um sonho? Fora isso, nada mais ficou subentendido ou sugerido.


O grande mistério por trás do Carteiro do Céu gatão: ele era um cara que não estava nem aí pra nada, um dia sofreu um acidente e ficou em coma. Foi aí que ele recebeu a chance de virar Carteiro do Céu. O trabalho dele era bem simples: ler as cartas e mandar somente as que fossem puras e livres de qualquer ofensa aos céus e só quem podia vê-lo eram pessoas que se padeciam de seus entes queridos. E gostei de o carinha - que devia ser o chefe do correio do céu - comedor de muco nasal ter dado a chance do JaeJoong voltar para a Terra como humano novamente, só para não quebrar a velha tradição dos romances, mocinho e mocinha tem que ficar juntos no final, não importa se é no Ocidente ou no Oriente.


Não tenho mais nada a declarar ou comentar a não ser dizer que amei esse filme em tudo. Na simplicidade, no romance, no café, nos planos infalíveis para ajudar os remetentes das cartas... enfim, é um filme que eu super recomendo e que, com certeza, já está no meu top 5 de filmes, sem a menor sombra de dúvidas.

Mensagem Subliminar:

Se me permitem uma piadinha: beijada por um anjo.

3 comentários:

  1. Ouvi pessoas falando não tão bem desse filme...pretendo ver tbm... JYJ é lindo mas não atua mto bem...

    ResponderExcluir
  2. Nesse filme - por algum milagre -, eu não procurei outras opiniões, eu só vi o nome, gostei e baixei pra assistir. E eu até achei que ele atua bem, pelo menos nesse filme. Talvez porque a fofura dele serviu para o papel de anjo e tals e eu gostei do filme. Ele é todo feito em cima de uma base simples, uma temática simples, porém, se a pessoa que assistir não gostar de simplicidade, não deve assistir ><'

    ResponderExcluir
  3. Parceria aceita Mayara! vou colocar seu banner!

    bjs

    ResponderExcluir